Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
01 de julho de 2019, 16h04

Miliciano que virou traficante era alvo de chacina no Rio

Chacina de Belford Roxo tinha o miliciano Balrog como alvo; a polícia ainda investiga se o crime foi encomendado pelo tráfico ou pela própria milícia

Reprodução

Luiz Gustavo de Lima, conhecido como Balrog, é tido pela Polícia Civil como o alvo da chacina ocorrida na noite de sábado (29) na cidade de Belford Roxo, na Baixada Fluminense, região metropolitana do Rio. Balrog foi um dos primeiros a ser atingido em ataque a bar que deixou quatro mortos e três feridos.

Segundo informações do G1, Balrog teria sido expulso da milícia de Nova Aurora, que comanda a região, e se juntado ao tráfico. Provocações à milícia teriam sido uma das causas da chacina no bar em que estava sua namorada Fabrine Rejane Marques, que comemorava aniversário de 25 anos.

Além dos dois, morreram Jorge Vitor, um dos músicos da banda que tocava no local, e Elaine Menezes. O crime aconteceu por volta das 21h do sábado e deixou 13 feridos.

Outra versão da morte é contada pelo jornal O Dia, que coloca o Comando Vermelho, que tenta retomar a região, como responsável pelo assassinato de Balrog.

A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense investiga o caso. Segundo o delegado Cassiano Conte, as redes sociais tem sido um palco de intensas provocações entre traficantes e milicianos, com vídeos que têm acirrado a disputa do bairro de Nova Aurora.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum