Fórum Educação
03 de julho de 2019, 07h53

Militar preso na Espanha não tinha nada na mala além dos 39 quilos de cocaína

Em foto revelada pelo El País, os 37 pacotes da cocaína aparecem expostos sem qualquer pudor, ordenados lado a lado dentro da mala de mão do militar - que levava um porta-terno à parte

Foto: Reprodução/El País

O sargento Manoel Silva Rodrigues, detido na Espanha por traficar 39 quilos de cocaína em avião da FAB enquanto participava de comitiva do presidente brasileiro Jair Bolsonaro ao Japão, sequer tentou disfarçar os entorpecentes dentro de sua bagagem de mão e não carregava nada além da droga.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

Em foto revelada pelo El País, os 37 pacotes da droga aparecem expostos sem qualquer pudor, ordenados lado a lado dentro da mala de mão do militar – que levava um porta-terno à parte. Segundo as autoridades espanholas, ele não esperava passar pela fiscalização por se tratar de um agente brasileiro, mas, por ser uma rota comum, o voo foi fiscalizado.

Para os espanhóis, Manoel, que segue detido no aeroporto de Sevilha, atuou como “mula”. A encomenda seria entregue no hotel em que a delegação brasileira ficaria hospedada.

Em primeira avaliação, a Polícia Civil espanhola disse que Manoel transportava um valor equivalente a 1,3 milhão de euros em drogas.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum