O que o brasileiro pensa?
10 de julho de 2020, 11h13

Ministério da Defesa organiza “press trip” para aldeia indígena no Pará durante pandemia

Viagem teria sido cancelada pela pasta após decisão do STF que exige realização de quarentena antes do contato com territórios indígenas

Exército brasileiro em aldeia indígena (Reprodução)

O Ministério da Defesa, sob gestão do general Fernando Azevedo e Silva, convidou jornalistas para participar de uma “press trip” para as aldeias indígenas de Tiriyós, no norte do Pará. A ação, no entanto, teria sido cancelada pela pasta após decisão do Supremo Tribunal Federal (STF).

Em nota enviada à imprensa, o ministério afirma que a viagem seria realizada em voo da Força Aérea Brasileira (FAB) na terça-feira (14). A visita à aldeia aconteceria ao longo da quarta-feira e, na quinta de manhã, a comitiva de imprensa regressaria a Brasília.

De acordo com a pasta, o objetivo da viagem seria levar atendimento e materiais de saúde à aldeia, a fim de atender de 600 a 1.200 indígenas. “Haverá distribuição de EPIs; realização de testes rápidos; distribuição de medicamentos e cestas básicas; além da execução de Ações Cívico Sociais (ACISO)”, diz o texto.

A decisão do STF que teria impossibilitado a viagem afirma que os novos protocolos sanitários contra o coronavírus exigem a realização de quarentena antes de entrar nos territórios indígenas, o que não foi estabelecido como pré-requisito pelo ministério.

Na nota encaminhada à imprensa, a pasta pede apenas um exame que comprove teste negativo para a doença.

A Fórum tentou contato com Ministério da Defesa, mas não obteve resposta até o fechamento desta reportagem.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum