Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
24 de fevereiro de 2020, 11h53

Missionários evangélicos já trabalham em 13 de 28 povos indígenas isolados

Situação tende a se agravar com a nomeação do ex-missionário evangélico Ricardo Lopes Dias para a coordenação da área da Funai para tratar especificamente com essas comunidades

Embora a Constituição de 1988 tenha artigos específicos para proteger as comunidades indígenas em isolamento e o seu direito ao não contato com a civilização, a realidade não é bem assim.

Missionários evangélicos vêm trabalhando nas áreas indígenas à margem da lei há muito tempo, e já atuam em ao menos 13 dos 28 povos isolados conhecidos pela Funai, segundo levantamento realizado pelo jornal O Globo, junto com o Ministério Público Federal.

A situação tende a se agravar com a nomeação do ex-missionário evangélico Ricardo Lopes Dias como coordenador-geral de proteção a índios isolados e de recente contato, área da Funai para tratar especificamente com essas comunidades.

Em entrevista ao jornal carioca, o indigenista Sydney Possuelo, ex-presidente da Funai, afirma que “a aproximação de missionários, mesmo que com o melhor sentimento, representa risco de saúde para os povos isolados”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum