Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
06 de janeiro de 2020, 13h39

Morador em situação de rua morre após ser queimado vivo enquanto dormia

Carlos Roberto foi atacado enquanto dormia em frente a um supermercado Dia, na região da Mooca, zona leste de São Paulo

Reprodução

O morador em situação de rua, Carlos Roberto Vieira da Silva, de 39 anos, morreu na manhã desta segunda-feira (6) após sofrer um ataque com fogo na madrugada do domingo (5). A morte foi confirmada pela Secretaria Municipal de São Paulo. Carlos foi atacado enquanto dormia em frente a um supermercado Dia, na região da Mooca, zona leste de São Paulo. Ele estava internado na UTI do Hospital Municipal de Tatuapé, mas não resistiu aos ferimentos.

Imagens de uma câmera de segurança mostram o momento em que uma pessoa ateia fogo em Carlos e sai correndo depois do crime. É possível ver uma explosão, um fogo alto e o morador em situação de rua levantando com o corpo todo em chamas. As pernas, rosto, costas e peito de Carlos Roberto sofreram queimaduras de 2º e 3º graus.

O galão de gasolina usado pelo criminoso foi apreendido e encaminhado para perícia. No entanto, ainda não se sabe a identidade de quem cometeu o assassinato. O caso foi registrado como lesão corporal pelo 56º DP (Vila Alpina) e depois foi encaminhado ao 18º DP (Alto da Mooca).

Confira: 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum