Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
20 de julho de 2019, 15h13

Moradores de rua do Rio de Janeiro recorrem a pombos para se alimentar

Segundo o Movimento Nacional de Populações em Situação de Rua (MNPR), há pessoas no Rio de Janeiro comendo pombos para sobreviver

Reprodução

Apesar da afirmação do presidente Jair Bolsonaro de que não há fome no Brasil, a situação de subalimentação voltou a se agravar até mesmo em grandes cidades. Segundo integrantes do Movimento Nacional de Populações em Situação de Rua (MNPR) há pessoas no Rio de Janeiro tendo que recorrer a pombos para se alimentar em meio a crise que vive a capital.

“Tem gente que está comendo mesmo, tem gente que está fazendo isso. Tem gente também que vai no final da feira pegar restos para poder comer. A situação está assim…”, disse Eli Carla, do MNPR, à Fórum. 

Eli Carla ainda analisou o cenário do Rio de Janeiro, criticando a atuação do prefeito Marcello Crivella. “Aqui no Rio, a população em situação de rua está passando por várias dificuldades. Inclusive, agora a situação está bem complicada, porque o prefeito mandou tirar as cobertas e a gente não sabe o que vai acontecer. Aqui no movimento a gente briga com todo mundo, mas, por mais que a gente fale, por mais que a gente brigue, o prefeito não se atinge”, declarou.

Leia também
Tereza Campello: A fome está de volta, Bolsonaro

A Pastoral do Povo da Rua disse que a situação para eles é uma novidade, ao ser questionada pela Fórum. “Até hoje não nos chegou essa questão, essa novidade”,  disse Tânia Ramos, coordenadora arquidiocesana da pastoral.

Na sexta-feira (19), o presidente Jair Bolsonaro afirmou que “passar fome no Brasil é uma grande mentira”, afirmando que o combate a esse problema é apenas “populismo”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum