Moro é acusado de plágio em artigo, admite cópia e texto é retirado de site

O artigo original, do advogado Marcelo Augusto Rodrigues de Lemos, de onde trechos foram retirados, fala sobre o “aviltamento do livre exercício da advocacia em tempos de crise”

O ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, publicou, em co-autoria com a advogada Beathrys Ricci Emerich, mestranda na Unicuritiba, um artigo científico que contém trechos idênticos aos de texto publicado meses antes por outro advogado.

Moro admitiu que havia trechos copiados sem a devida citação, mas responsabilizou a coautora, que foi orientada por ele, pelo erro.

O artigo de Moro e da advogada trata da lavagem de dinheiro do crime por meio do pagamento a advogados.

O artigo original, do advogado Marcelo Augusto Rodrigues de Lemos, foi publicado em 1º de setembro de 2019 no site Consultor Jurídico e fala sobre o “aviltamento do livre exercício da advocacia em tempos de crise”.

Apesar de a revista onde o texto que leva a assinatura de Moro foi publicado datar do período abril/junho de 2019, registros na bibliografia de Beathrys revelam que a real data de saída do texto é depois de abril de 2020.

Até mesmo em postagens da advogada em redes sociais há registros do período.

O artigo foi despublicado dos arquivos da Unicuritiba, onde havia saído na revista Relações Internacionais no Mundo Atual, após os questionamentos do Metrópoles.

As informações são do Metrópoles

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR