Fórumcast, o podcast da Fórum
18 de junho de 2018, 16h54

MP arquiva denúncia de caixa 2 contra Mercadante por falta de provas

Ex-ministro era suspeito, em delação da Operação Lava Jato, de receber pagamento de vantagens durante campanha ao governo de São Paulo, em 2010

(Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) solicitou o arquivamento, por falta de provas, de uma denúncia de caixa 2 feita contra Aloízio Mercadante (PT), ex-ministro da Casa Civil no governo da ex-presidenta Dilma Rousseff. De acordo com o G1, em texto de Walace Lara, o petista era suspeito de receber pagamento de vantagens não contabilizadas na campanha eleitoral de 2010, quando concorreu ao governo de São Paulo.

A denúncia foi feita por Ricardo Pessoa, empreiteiro da construtora UTC e um dos delatores na Operação Lava a Jato. A decisão é do promotor eleitoral Luis Henrique Dal Poz. “Cruzamos os dados e não foi possível obter provas que sustentassem o que foi dito na delação”, admitiu.

Dal Poz alega que as informações apresentadas pelo empreiteiro “não foram confirmadas por outras circunstâncias, tanto no âmbito da prova pessoal, documental ou pericial, remanescendo somente as suas versões”. O promotor ainda afirma que os valores citados foram declarados pelo então candidato e as contas aprovadas.

“A doação de R$ 500 mil, sendo R$ 250 mil oriundos do grupo UTC Engenharia e R$ 250 mil oriundos da empresa Constran, consta da prestação de contas oficial do candidato Aloízio Mercadante Oliva, a qual fora aprovada sem ressalvas”.

Veja também:  Lula pode dar entrevista para quem quiser, sem passar por autorização de Carolina Lebbos

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum

#tags