Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
28 de fevereiro de 2020, 07h22

MP quer responsabilizar organizadores por massacre promovido pela PM em baile funk de Paraisópolis

Procuradoria vai apurar se evento tinha autorização legal para acontecer na comunidade

Daniel Arroyo/Ponte Jornalismo

O Ministério Público determinou à Corregedoria da Polícia Militar que passe a investigar os organizadores do baile funk DZ7, de Paraisópolis, como eventuais responsáveis pelo assassinato de nove jovens no fim do ano passado. A medida, portanto, isenta os policiais militares de responsabilidade pela ação na favela e massacre.

O promotor Edson Corrêa Batista pediu para que sejam juntadas ao inquérito as atas de reunião do Conselho de Segurança (Conseg) de 2019 sobre a região onde ocorre o baile de Paraisópolis, “a fim de se identificar os seus participantes, bem como a temática discutida em tais encontros, notadamente a questão envolvendo a aglomeração de pessoas em via pública durante os chamados ‘bailes funk’”.

O MP também solicitou vídeos do “momento da turba” e anúncios feitos envolvendo “o malfadado ‘baile da DZ7’”, também com o objetivo de “serem identificados os responsáveis pela organização do evento”. O procurador também solicita informação “acerca da existência de eventual autorização para a realização do ‘baile’ por qualquer das autoridades públicas legitimadas para tanto (ex.: Prefeitura, CET, PMESP)”.

No começo deste mês, a Procuradoria considerou como lícita a ação dos PMs na comunidade e pediu arquivamento do inquérito que apurava crime militar. A Polícia Civil, no entanto, continua a investigação e pode concluir que houve participação dos PMs nas mortes dos jovens.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum