Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
03 de junho de 2019, 09h43

Mulher agredida por MC Reaça aguarda cirurgia, diz hospital

Segundo assessoria do Hospital Augusto de Oliveira Camargo, a agente de viagens internada após ser agredida pelo funkeiro Tales Volpi apresenta quadro estável. Ela estaria muito inchada ainda para passar por cirurgia

Foto: Facebook

A agente de viagem de 28 anos agredida por Tales Volpi, o MC Reaça – que se suicidou no sábado (1) – segue internada no Hospital Augusto de Oliveira Camargo (HAOC), de Indaiatuba. A mulher, que estaria grávida, ainda aguarda cirurgia.

Leia também
MC Reaça, que apoiou Bolsonaro, espancou namorada grávida e depois se matou

De acordo com boletim de ocorrência registrado na delegacia de Indaiatuba, interior de São Paulo (20 km de Campinas), pelo pai da vítima, ela namorava Volpi e foi internada no hospital após ser agredida no sábado (1). O metalúrgico de 62 anos seguiu até o HAOC onde foi informado que a agente de viagem deve passar por cirurgia em razão de um edema e hematomas no lado direito dos rosto e no olho, além de fraturas no maxilar.

À Fórum, a assessoria do hospital informou que o estado de saúde da mulher nesta manhã de segunda-feira (3) segue estável e que ela ainda vai passar por cirurgia. Segundo informações obtidas pela Fórum, ela precisa primeiro “desinchar” para poder passar por operação.

Segundo o jornal Correio Popular, de Campinas, o funkeiro era casado e tinha uma relação extraconjugal com a agente de viagem. A polícia acredita que a agressão foi em razão de um anúncio de gravidez.

Em um dos áudios enviados por ele à esposa, Maiara Volpi, antes de se suicidar, divulgados pela TV Sol Comunitária, de Indaiatuba, o músico pede para que Maiara ajude a amante a cuidar do bebê, caso a criança sobreviva.

Pelo Twitter, o presidente Jair Bolsonaro lamentou a morte de Volpi, que considerou que “será lembrado pelo dom, pela humildade e por seu amor pelo Brasil”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum