Mulheres na rua: Veja imagens do ato #BolsonaroNuncaMais na Av. Paulista

Protesto, que reuniu milhares de manifestantes na frente do Masp para escrachar o presidente extremista, foi convocado por mulheres

Um ato convocado por mulheres para a avenida Paulista, em São Paulo, contra o presidente Jair Bolsonaro, reuniu milhares de manifestantes em frente ao Masp na tarde desta sábado (4). Protestos do mesmo tipo ocorreram em várias cidades do país simultaneamente.

Batizado de ‘Bolsonaro Nunca Mais’, ou ainda pela forma mais popular utilizada nas redes, #BolsonaroNuncaMais, a manifestação em São Paulo era composta majoritariamente pela militância feminina, ainda que tenha contado com a presença de alguns homens, que naturalmente estavam em menor número.

Com faixas e cartazes de protesto contra o presidente da República de extrema direita, o grupo gritou palavras de ordem, que só eram interrompidos por discursos de lideranças do movimento feminista, que lembravam a todo momento das falas e ações misóginas de Jair Bolsonaro, um político historicamente machista e que já disparou insultos dos mais vários tipos inúmeras vezes às mulheres.

O ato, que há dias vinha sendo divulgado nas redes, contou com até com um manifesto que elencava todas as pautas das manifestações, que ocorreram em quase todos os estados do Brasil

“As mulheres convocam cada uma e cada um que se compromete com o combate à feminização da pobreza, ao racismo, à LGBTfobia e a todas as ações que agravam a situação das mulheres no Brasil a ocupar as ruas no dia 04 de dezembro. A luta pela derrubada de Bolsonaro do poder é uma luta necessariamente anti-imperialista, anticapitalista, democrática, antirracista e feminista. É uma luta em defesa da vida das mulheres, que coloca a agenda de lutas contra a fome, a carestia, a violência, pela saúde e pelos direitos reprodutivos das mulheres. É uma luta em defesa dos serviços públicos gratuitos e de qualidade. É para abrir um diálogo com a maioria que tem sofrido com a fome, com a perda de seus entes queridos, com a violência e com o desemprego”, diz trecho do documento de convocatória para as manifestações.

Entre as entidades que convocam para os atos, estão a Articulação de Mulheres Brasileiras (AMB), a Marcha Mundial de Mulheres (MMM), o Movimento Negro Unificado (MNU), o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e a União de Negras e Negros pela Igualdade (Unegro).

Veja as imagens de São Paulo:

Foto: Redes sociais
Foto: Deputado federal Ivan Valente (PSOL-SP) com ativistas feministas (Redes sociais)
Foto: Redes sociais
Foto: Redes sociais
Foto: Redes sociais
Foto: Redes sociais.

Notícias relacionadas

Avatar de Henrique Rodrigues

Henrique Rodrigues

Jornalista e professor de Literatura Brasileira.