sábado, 24 out 2020
Publicidade

Muro em área nobre de Curitiba é pichado com frase que tirou Bolsonaro do sério

A pergunta grafada em um muro da capital paranaense fez o presidente ameaçar "encher de porrada" um jornalista

Nesta terça-feira (22), transeuntes do bairro Batel, região nobre e badalada de Curitiba (PR), se depararam com a pergunta que tirou o presidente Jair Bolsonaro do sério grafada em um muro.

“Por que a Michelle Bolsonaro recebeu do Fabrício Queiroz R$89.000?”, diz a frase pichada em um muro da avenida 7 de Setembro, em um bairro onde o presidente teve forte votação na eleição de 2018.

A provocação, que seria uma iniciativa de um grupo chamado “Movimento 89”, faz referência direta a pergunta feita por um repórter do jornal O Globo a Bolsonaro em agosto. Na ocasião, o jornalista queria saber sobre os depósitos feitos pelo ex-assessor de Flávio Bolsonaro, Fabrício Queiroz, à primeira-dama Michelle Bolsonaro. Queiroz é investigado por comandar um esquema de corrupção no gabinete do senador Flávio Bolsonaro, filho do presidente, quando ele era deputado estadual.

Leia também – “O povo quer saber”: Carro de som percorre ruas de BH expondo “crimes” de Bolsonaro

Ao receber a pergunta do repórter, à época, Bolsonaro se recusou a responder e ainda ameaçou “encher a cara” do profissional de imprensa de “porrada”, gerando repúdio de inúmeras entidades jornalísticas e de grande parte da sociedade como um todo.

Confira os registros do protesto feitos pelo fotojornalista Eduardo Matysiak.

Ivan Longo
Ivan Longo
Jornalista e repórter especial da Revista Fórum.