Nadadora de 14 anos morre em decorrência da Covid-19 em Presidente Prudente

Mariana Franklin Ferreira Silva chegou a competir, nos dias 9 e 10 deste mês em três provas: 50, 100 e 200 metros nado livre

A nadadora Mariana Franklin Ferreira Silva, de 14 anos, integrante da equipe da APAN Presidente Prudente, morreu neste sábado (19), em decorrência de complicações com a Covid-19.

A atleta estava hospitalizada há alguns dias no Hospital Regional de Presidente Prudente com sintomas de COVID.

Ela era aluna do Colégio Anglo de Prudente, e fazia parte do grupo de sua equipe Criarte/Pruden-Aço/Apan/Semepp que participou do Torneio Integração Nacional em Santos, na piscina do Rebouças, nos dias 9 e 10 deste mês.

Na ocasião, Mariana nadou três provas, 50, 100 e 200 metros nado livre.

A tia de Mariana, Erica Bernardes da Silva Chilaule Langa, 41 anos, informou que ela começou, no mês passado, a ter alguns sintomas leves como dores de cabeça e no corpo. Na ocasião, ela testou positivo para a Covid-19. Cumpriu todo período de quarentena e teve alta.

No sábado, dia 12, após voltar da viagem de Santos, Mariana disse que não se sentia muito bem e estava com febre. No domingo (13), de manhã, a mãe a levou ao médico que disse que a nadadora estava com a garganta inflamada. E que mais dois, três dias de febre seria normal.

Na quarta (16), a mãe voltou com Mariana ao hospital e o diagnóstico permanecia: amígdalas, garganta inflamada. A jovem começou a ter náuseas, e o médico disse que precisava esperar a medicação agir.

Na quinta, no final da tarde, a mãe levou-a de volta ao HR, primeiro hospital que já havia ido, depois foi à Santa Casa. Mariana já chegou com a saturação baixa e foi na hora colocada no oxigênio. Fez alguns exames, o pulmão já estava bastante ruim, então a levaram para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva), mas o quadro embora considerado grave, segundo a médica era estável. Quando foi ontem (18) ela foi intubada e hoje pela manhã teve duas paradas cardiorrespiratórias, sendo que na segunda, não resistiu.

Publicidade

Com informações do Swim Chanell e do Imparcial

Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR