Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
05 de março de 2019, 09h59

Não é momento de festa mas de resistência, diz Mônica Benício

"Eu e Marielle sempre entendemos o Carnaval como um espaço de resistência popular", afirmou ela, relatando ter pedido para não usar fantasia.

A viúva da vereadora Marielle Franco, Mônica Benício, que desfilou pela Estação Primeira de Mangueira na madrugada desta terça-feira (5), na Sapucaí, disse em entrevista à Folha de S. Paulo que inicialmente teve receio de aceitar o convite da escola. Segundo ela, o medo foi que a atitude passasse a impressão de festa.

Mônica contou ao jornal só ter aceito o convite após o carnavalesco da escola, Leandro Vieira, fazer um tour pelo barracão explicando o enredo.

Com o enredo “História para ninar gente grande”, a Mangueira contou a verdadeira história do Brasil, homenageando heróis esquecidos, negros, índios e mulheres. A escola também apresentou uma visão crítica de personagens enaltecidas nos livros de história, como os bandeirantes.

A homenagem a Marielle Franco, citada no enredo, foi um dos destaques do desfile. O rosto da vereadora e ativista dos direitos humanos foi estampado em bandeiras e faixas na última ala, que contou com a presença de Mônica Benício. A viúva saiu à frente de um grupo de pessoas de comunidades que conseguiram se destacar através de seus próprios feitos.

“Não é um momento de festa. Eu e Marielle sempre entendemos o Carnaval como um espaço de resistência popular”, afirmou ela à Folha, relatando ainda ter pedido ao carnavalesco para não usar fantasia.

Marielle Franco, vereadora e ativista pelos direitos humanos, foi assassinada há cerca de um ano junto com seu motorista, Anderson Gomes, em 14 de março de 2018. Investigações apontam a ligação do crime com um grupo miliciano do Rio de Janeiro.

 

 

 

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum