Negacionistas fogem com cartão de vacinação sem se imunizar no Rio

Profissionais de saúde da capital carioca denunciaram casos à Polícia Civil; todos já foram identificados

A Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro registou na última semana oito casos de pessoas que fugiram de centros de vacinação com o cartão da imunização sem terem recebido dose alguma. Os casos foram denunciados à Polícia Civil.

Enquanto a Prefeitura estabelece o passaporte da imunização, alguns negacionistas tentam fraudar as regras e roubar o comprovante sem estarem imunizados. Houve, inclusive, caso de agressão de funcionária.

“Como constam os CPFs, todos estão identificados e serão multados. Felizmente a funcionária não teve nenhum ferimento grave”, disse o secretário municipal de saúde, Daniel Soranz, à CNN Brasil.

Boletim de ocorrência registrado neste sábado (18) aponta que “o auxiliar da portaria foi acionado para apoio, quando a paciente me agrediu no rosto, próximo ao olho direito, com um chaveiro com várias chaves e saiu correndo com o cartão, sem administrar a vacina”.

Além de possível enquadramento penal por fraudecom até 2 anos de prisão, a prática pode resultar em multa de mil reais para o infrator.

Com informações da CNN Brasil e do G1

Avatar de Lucas Rocha

Lucas Rocha

Lucas Rocha é formado em jornalismo pela Escola de Comunicação da UFRJ e cursa mestrado em Políticas Públicas na FLACSO Brasil. Carioca, apaixonado por carnaval e pela América Latina, é repórter da sucursal do Rio de Janeiro da Revista Fórum e apresentador do programa Fórum Global

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR