Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
28 de julho de 2019, 11h59

Neymar se livra de multa milionária após acusações de sonegação de impostos

Em abril, o pai do jogador, o empresário Neymar da Silva Santos, foi recebido com afagos por Bolsonaro e pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, para “prestar esclarecimentos” sobre processo em que a receita cobra mais de R$ 188 milhões em impostos

Neymar se livra de multa milionária após acusações de sonegação de impostos (Foto: Reprodução/Twitter)

A 3ª Vara de Fazenda Pública de São Paulo livrou o jogador Neymar de pagar uma multa de R$ 2,1 milhões, valor cobrado pela prefeitura de Santos, que acusa a Neymar Sport e Marketing de não ter pago ISS entre fevereiro e agosto de 2015. O jogador também sofre processo por sonegação de impostos na Receita Federal.

Desde setembro de 2018, a Procuradoria Geral de Santos acusava a empresa NR Sports e Marketing, que tem sede na cidade do litoral paulista e é responsável pelos negócios do jogador Neymar Jr, de não pagar impostos sobre serviços municipais (ISS).

No entanto, a decisão livrou o jogador da multa por entender que a empresa não prestava serviço, mas gerenciava a imagem do jogador. Dessa forma, não tinha a obrigação de recolher o imposto.

Na época, a Secretaria de Finanças de Santos havia informado que a NR Sports foi regularmente notificada para o recolhimento do tributo em 30 dias. “Decorrido esse prazo sem o pagamento ou interposição de recurso administrativo questionando a cobrança, o débito é automaticamente enviado para inscrição em dívida ativa”. A empresa, no entanto, limitou-se a dizer que desconhecia a cobrança.

Bolsonaro
Neymar é um dos principais propagandistas de Jair Bolsonaro. Em abril, o pai do jogador, o empresário Neymar da Silva Santos, foi recebido com afagos por Bolsonaro e pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, para “prestar esclarecimentos” sobre processo contra o jogador que será julgado pelo Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf).

A Receita Federal multou Neymar, em 2015, em R$ 188 milhões em processo que investigava sonegação fiscal. No mesmo ano, a Justiça chegou a bloquear, a pedido do Fisco, bens do jogador neste montante.

Bolsonaro também foi um dos primeiros a se solidarizar com o jogador diante da acusação de estupro, movido pela modelo Najila Trindade.

 

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum