sábado, 26 set 2020
Publicidade

Novo vídeo mostra menor sendo detido antes de agressão de PM a aluna de escola em Guarulhos

Novo vídeo divulgado nas redes sociais mostra o momento em que um dos adolescentes foi detido durante operação da Polícia Militar em protesto de alunos dentro da escola estadual Frederico de Barros Brotero, localizada na Vila Progresso, em Guarulhos, na grande São Paulo. Outros dois foram apreendidos.

O estudante foi surpreendentemente segurado e levado para fora do prédio pelos policiais após ter sido apontado por homem. Na sequência, outro vídeo mostra que os agentes da PM se recusaram a dizer seus nomes, quando indagados por uma professora. Assista.

O momento antecede outra cena já divulgada, em que um policial empurra uma adolescente com uma arma de cano longo, parecido com uma espingarda calibre 12, apontada no peito da aluna.

Ela e outros estudantes reagiram, com indignação, justamente após o primeiro adolescente ter sido detido.

Em janeiro, o governador João Dória (PSDB) autorizou todas as equipes de radiopatrulha da Polícia Militar do estado a usar espingardas calibre 12 no atendimento às chamadas do 190. “Diante de qualquer ameaça à população, risco de morte, risco de ameaça com arma, a orientação da Polícia Militar é imobilizar o bandido. Se ele reagir, ele vai para o cemitério”, disse Doria, na ocasião.

Em outro vídeo, ouve-se um barulho parecido com tiro, enquanto os estudantes protestam no canto oposto onde estavam os policiais.

Segundo estudantes, o protesto tinha como objetivo cobrar melhorias para o colégio e a destituição do atual diretor, que desde o início do ano impede os alunos entrarem na segunda aula.

A manifestação foi realizada por alunos do turno noturno, a maioria além de estudar, trabalha, por isso tem dificuldades de chegar no horário.

 

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.