Número de brasileiros que passam fome dobra desde 2018, diz FAO

Insegurança alimentar grave atingiu 7,5 milhões de brasileiros entre 2018 e 2020. No total, 1 em cada 4 brasileiros passam por algum tipo de restrição no acesso a alimentos

Relatório da FAO, fundo da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura, divulgado nesta segunda-feira (12) revela que dobrou o número de brasileiros que passam fome desde 2018.

Os números mostram que a insegurança alimentar grave atingiu 7,5 milhões de brasileiros entre 2018 e 2020. Entre 2014 e 2016, esse número era de 3,9 milhões de pessoas no país.

No total, 1 em cada 4 brasileiros não se alimentam com três refeiros ao dia. Além daqueles que estão em situação grave, outros 49,6 milhões de pessoas que vivem um quadro de insegurança moderada ou grave. Em 2014 eram 37,5 milhões.

Segundo a a FAO, insegurança alimentar se refere ao acesso limitado de uma pessoa ou de uma residência à comida, seja por falta de dinheiro ou outros recursos. Uma pessoa que não se alimente durante um dia já vive uma situaçã de insegurança alimentar grave.

A FAO alerta que a pandemia agravou o quadro no mundo. Atualmente, um décimo da população mundial – cerca de 800 milhões de pessoas – apresentam quadro de subnutrição.

Leia a íntegra do relatório (em inglês)

Tags:

Avatar de Plinio Teodoro

Plinio Teodoro

Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.