Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
17 de julho de 2018, 16h53

Número de mortes por intervenção policial dá salto no Rio de Janeiro

Os dados do Instituto de Segurança Pública (ISP) se referem aos registros de ocorrências lavrados na Polícia Civil em junho

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

De acordo com levantamento do Instituto de Segurança Pública (ISP), o mês de junho registrou um aumento significativo de casos de homicídios decorrentes de intervenção policial no Rio de Janeiro. Os números deram um verdadeiro salto, ou seja, subiram 59,8% em relação ao mesmo mês de 2017, segundo reportagem de Cristina Boeckel, do G1. As ocorrências de assassinatos com essa característica, os antigos “autos de resistência”, atingiram um aumento de 9,2% em comparação com maio deste ano. Em junho do ano passado, foram 97 casos este ano, 155.

Em contrapartida, junho de 2018 apontou a diminuição no roubo de cargas e veículos, segundo dados oficiais do ISP. Registrou-se no período o menor número de veículos roubados desde outubro de 2016. Ainda de acordo com o ISP, chegou-se ao patamar de maio, indicando que essa queda não foi causada apenas pela greve dos caminhoneiros. Em relação a junho de 2017, a redução foi de 23%. Este ano foram registrados 755 casos, contra 982 do ano passado.

Os homicídios dolosos, quando existe intenção de matar, tiveram queda de 3,8% em comparação a junho de 2017, quando ocorreram 390. Em junho deste ano foram 375. Os casos de letalidade violenta sofreram queda de 5% em relação a maio, mas não em relação a junho de 2017. Esses números se referem aos casos de homicídios dolosos, homicídios decorrentes de intervenção policial, latrocínio e lesão corporal seguida de morte.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum