segunda-feira, 21 set 2020
Publicidade

“O senhor vai ver como um viado de bosta age”, disse comissário antes de expulsar homofóbico de voo da Latam

Passageiro xingou comissário de "viadinho de bosta" antes de decolagem e acabou sendo retirado do voo, com a presença da Polícia Federal

Um caso ocorrido durante um voo da Latam em São Paulo, na última segunda-feira (14), está viralizando nas redes sociais. Na manhã daquele dia, um passageiro xingou um comissário de “viadinho de bosta” e acabou sendo retirado do avião, com o auxílio da Polícia Federal.

Segundo testemunhas, o homem estava dormindo em seu assento, pouco antes da decolagem, quando um comissário pediu para que ele ajustasse sua poltrona, como de praxe, para o procedimento. O homem, então, teria ficado irritado e proferido o xingamento homofóbico. O funcionário, então, teria acionado seu chefe, que foi conversar com o passageiro e também foi xingado de “bosta”.

A Polícia Federal, então, foi acionada pela tripulação e o avião, que já estava fazendo o taxiamento para a decolagem, retornou para que o passageiro pudesse ser retirado do voo.

O caso aconteceu no aeroporto de Guarulhos em um voo que tinha como destino a cidade de Fortaleza.

“Esclarecemos que foi solicitado o apoio da Polícia Federal para realizar o desembarque de um passageiro do voo LA3333 (São Paulo/Guarulhos – Fortaleza) da manhã de hoje (14) em função de comportamento indisciplinado. Repudiamos veemente qualquer tipo de ofensa e qualquer opinião que contrarie o respeito não reflete os valores e os princípios da empresa. Estamos à disposição. Reforçamos ainda que seguimos os mais elevados padrões de segurança, atendendo rigorosamente aos regulamentos de autoridades nacionais e internacionais”, informou a Latam através das redes sociais.

De acordo com testemunhas, após a Polícia Federal ser acionada, pouco antes da retirada do passageiro do voo, o chefe dos comissários teria dito ao passageiro: “Agora o senhor vai ver como um viado de bosta age”.

Ivan Longo
Ivan Longo
Jornalista e repórter especial da Revista Fórum.