quarta-feira, 23 set 2020
Publicidade

Organização Nacional de Cegos responde agressão de Luciano Hang

A Organização Nacional de Cegos do Brasil (ONCB) publicou uma nota, em seu Twitter, em repúdio ao vídeo postado pelo empresário bolsonarista Luciano Hang, o Véio da Havan, no qual faz chacota com a necessidade de instalação de equipamentos para acessibilidade em uma de suas lojas da rede Havan.

De maneira grosseira, bem ao seu estilo, ele afirma que “a prefeitura de Chapecó conseguiu ultrapassar o ridículo” com a burocracia necessária para cumprir as determinações. Ele reclama das marcas de sinalização obrigatórias no chão da loja e também do local pré-determinado para colocar cadeiras de rodas.

Não é sócio Fórum? Quer ganhar 3 livros? Então clica aqui.

Na nota, a entidade diz que “ao fazer tais declarações, esquece o empresário que todo local privado de uso coletivo está sujeito a inúmeras regulamentações e que as pessoas com deficiência, segmento composto por 45 milhões de brasileiros, contam com instrumentos como a Lei Brasileira de Inclusão, que lhes garantem atendimento acessível e inclusivo em todos os estabelecimentos comerciais”.

Outro trecho da nota fala que “para além de criticar a acessibilidade em calçadas e confrontar a legislação brasileira, a fala equivocada do empresário denota falta de conhecimento da legislação, um grande preconceito e uma afronta à dignidade das pessoas com deficiência, aos familiares e a toda a sociedade”.

Veja a íntegra da nota:

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.