Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
02 de janeiro de 2018, 17h32

Padre do MT posta foto com arma e causa polêmica nas redes sociais

Thiago Bruno publicou a imagem no WhatsApp Status e causou grande controvérsia; um amigo alegou que a arma se trata de um objeto de decoração.

Thiago Bruno publicou a imagem no WhatsApp Status e causou grande controvérsia; um amigo alegou que a arma se trata de um objeto de decoração.

Da Redação*

Uma postagem do padre Thiago Bruno, da Paróquia de São José dos Quatro Marcos, município a 343 km de Cuiabá, no Mato Grosso, causou polêmica nesta terça-feira (2). Numa foto publicada no WhatsApp Status, o padre aparece deitado numa cama apontando uma arma e a mensagem #2018 escrita. A foto circula nas redes sociais.

Ajude a Fórum a fazer a cobertura do julgamento do Lula. Clique aqui e saiba mais.

O sacerdote afirmou que ainda deve se manifestar sobre o caso através de uma nota. Depois da repercussão da polêmica, um suposto amigo do padre afirmou que a foto foi tirada na casa dele, no dia 1º de janeiro. O homem alegou que a arma usada na foto é um artigo de decoração e foi trazida junto com outros objetos da Espanha. “São armas de decoração, que não dão tiro. São apenas armas do estilo faroeste, daqueles filmes, que comprei para fazer decoração”, disse.

Nas redes sociais, internautas repercutiram a foto com comentários a favor e contra o padre. “Não importa se a arma é de brinquedo ou não! O que importa é a mensagem que ele passa, que não é nenhuma mensagem de paz”, diz um comentário. Em outro texto, um internauta critica. “A atitude dele não condiz com a imagem que ele tem que passar para sociedade. Sem contar que armas não trazem a paz”, diz trecho de uma declaração. Já em defesa do padre, alguns usuários da rede social dizem não ver maldade na foto. “Que mal tem isso? Uma pessoa de bem com uma arma? Ele também pode ter carro, faca, moto etc”, diz o comentário.

*Com informações do G1

Fotos: Reprodução

 

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum