sexta-feira, 18 set 2020
Publicidade

Pesquisa aponta que jovens entram cada vez mais cedo no tráfico de drogas

O ingresso dos jovens na rede de tráfico de drogas corre cada vez mais cedo, segundo a pesquisa “Novas Configurações das Redes Criminosas após a implantação das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs), divulgada pelo Observatório de Favelas, no Rio de Janeiro. As informações são da RBA.

Segundo o levantamento, que cintou com 261 jovens e adultos da rede de tráfico de drogas no varejo, a principal faixa etária em que os entrevistados dizem ter entrado no crime é a de 13 a 15 anos, com 54,4% das respostas. O estudo indica, também, o seguinte dado: o aumento no percentual de pessoas que entraram para o tráfico entre 10 e 12 anos de idade dobrou, subindo de 6,5%, em 2006, para 13%, em 2017.

A razão mais relevante para explicar a constatação é a questão financeira”: 62% alegam que queriam ajudar a família e outros 47% pretendiam ganhar muito dinheiro. A busca por adrenalina, a ligação com amigos e a dificuldade em conseguir emprego também são justificativas usadas.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.