Fórumcast #19
18 de agosto de 2017, 11h42

PM descontrolado agride moradora e dispara tiros de fuzil em Duque de Caxias. Veja o vídeo

Em nota, a PM informou que os dois policiais que aparecem no vídeo já foram identificados e estão presos administrativamente.

Em nota, a PM informou que os dois policiais que aparecem no vídeo já foram identificados e estão presos administrativamente.

Da Redação*

Um vídeo que circula em redes sociais mostra um policial do 15º BPM (Duque de Caxias) discutindo com moradores e até mesmo agredindo uma mulher na Favela do Cangulo, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. O agente também dispara dois tiros de fuzil para o alto, na tentativa de dispersar os moradores da comunidade. Ninguém ficou ferido. As imagens foram feitas nesta quinta-feira (17).

“Aqui não é UPP (Unidade de Polícia Pacificadora)”, diz o agente, em meio a uma série de xingamentos. Em seguida, ele ameaça prender uma das mulheres. Uma outra fala: “Não pode fazer isso, não, meu filho”. As mulheres se afastam e uma delas dispara: “Por isso que tem muito aí de vocês perdendo a vida de bobeira”.

Veja também:  Site da Lava Jato, Antagonista especula que Lula será solto

O policial, então, se descontrola e vai atrás das mulheres. Em seguida, ele dá dois tiros com o fuzil. E segue xingando. Um outro PM aparece nas imagens, mas não é possível saber se ele também se envolveu na confusão.

Em nota, a PM informou que os dois policiais que aparecem no vídeo já foram identificados. Além deles, haveria outros dois agentes na ocorrência. Todos estão presos administrativamente. A corporação, porém, não informou o que os agentes faziam na favela:

“Os policiais que estavam na ocorrência foram identificados pelo comando do 15ºBPM (Duque de Caxias). Eles estão presos administrativamente e um procedimento apuratório foi instaurado para apurar o fato”.

*Com informações do Extra

Foto: Reprodução

 


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum