Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
19 de fevereiro de 2020, 09h15

PMs que espancaram estudantes em colégio público de SP serão afastados

Policiais espancaram e ameaçaram com arma alunos da Escola Estadual Emydio de Barros, no Butantã

Reprodução/Twitter

Os policiais militares que espancaram com socos, chutes, cassetetes e ameaçaram com arma alunos da Escola Estadual Emydio de Barros, na Vila Butantã, serão afastados da corporação até a apuração do caso. A agressão foi filmada por outros alunos que, aos gritos, pediam que a ação parasse.

O advogado Arnobio Rocha relatou à Fórum que entrou em contato com o Ouvidor das Polícias, Eliseu, para que um procedimento fosse aberto. “Ele disse que às 5 da manhã conseguiu falar com o Corregedor da PM, Cel Marcelino e os PMs serão afastados até a apuração dos fatos”, contou.

De acordo com relato dos familiares e da direção da escola, ouvidos pelo R7, o primeiro jovem a ser agredido tem 19 anos e seria um ex-estudante do colégio. Ele teria abandonado os estudos e, com isso, sua matrícula foi cancelada. Nesta terça-feira (18), ele teria retornado à sala de aula e se recusado a deixar o local.

A direção do colégio então acionou viaturas da Polícia Militar que participam do Programa de Policiamento Escolar.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum