Fórum Educação
19 de dezembro de 2019, 08h31

Polícia Civil indicia nazista que usou suástica na camisa em Unaí (MG)

Homem disse às autoridades que achava que a suástica era um "amuleto de sorte". Perícia no celular do nazista concluiu que ele tinha consciência sobre o histórico do símbolo

Reprodução/Twitter

A Polícia Civil de Minas Gerais indiciou nesta quarta-feira (18) o nazista que usou uma suástica como braçadeira em um bar de Unaí, cidade a 600 km de Belo Horizonte. Ele foi indiciado por discriminação racial, crime com pena de dois a cinco anos de prisão e multa.

O caso aconteceu no último sábado (14), quando fotos do nazista, identificado como José Eugênio Adjuto, fazendeiro conhecido como Zecão, passaram a circular nas redes sociais. A polícia, no entanto, demorou para conduzir o caso. Imagens mostram uma viatura da PM chegando ao local, sem que os agentes abordassem o homem. Os oficiais apenas conversaram com o gerente do estabelecimento e se retiraram. Um procedimento administrativo apura a conduta dos PMs.

Em depoimento, o homem alegou que pesquisas na Internet o informaram que a suástica era um amuleto de sorte antes de ser usada pelo Partido Nazista da Alemanha. No entanto, uma perícia realizada pela polícia no celular dele mostrou que o homem visitou 35 sites diferentes sobre o tema, o que levou à conclusão de que ele teria consciência sobre o histórico racista, machista e homofóbico por trás do símbolo.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum