Fórum Educação
11 de janeiro de 2020, 19h49

Polícia diz que ex-funcionário da Backer pode ter sabotado cerveja Belorizontina

No mês passado, a empresa registrou um boletim de ocorrência contra o ex-funcionário por ameaça de morte

Cerveja Belorizontina, da Backer, onde foi encontrada substância tóxica (Reprodução)

A Polícia Civil informou neste sábado (11) que trabalha com a possibilidade de que um ex-funcionário da Cervejaria Backer tenha sabotado a cerveja Belorizontina após desavenças com a empresa. A Backer é a principal suspeita de ter causado a síndrome nefroneural em ao menos dez pessoas, levando uma delas à morte.

Em 19 de dezembro de 2019, a empresa registrou um boletim de ocorrência contra o ex-funcionário. No boletim, é relatado que o funcionário ficou muito nervoso e agressivo quando foi demitido, acusou um supervisor de ser o responsável pelo seu desligamento e o ameaçou de morte.

A polícia mudou seu posicionamento ao longo do dia sobre o possível envolvimento do ex-funcionário. De manhã, autoridades haviam dito que o caso não fazia parte das investigações. No entanto, o Estado de Minas informou que o delegado responsável corrigiu a declaração e disse que não descarta uma possível sabotagem do ex-funcionário.

A fábrica da Backer, no bairro Olhos D’Água, Região Oeste de Belo Horizonte, está interditada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) para investigações.

Na quinta-feira (9), a Polícia Civil de Minas Gerais divulgou um laudo que aponta a presença da substância tóxica dietilenoglicol em duas garrafas de cerveja da Belorizontina, encontradas em casas dos pacientes internados.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum