Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
30 de janeiro de 2020, 08h47

Polícia e MP desencadeiam ação contra milícia de Rio das Pedras, onde Queiroz se escondeu

Ação é baseada em ligações telefônicas entre Ronnie Lessa, acusado de matar Marielle Franco, e o policial civil Jorge Luiz Camillo Alves, que serve na 16ª DP, que fica localizada na mesma região em que se localiza o condomínio Vivendas da Barra, onde Jair e Carlos Bolsonaro têm casa

Ronnie Lessa (D) e a ação da PM no condomínio Vivendas da Barra para prendê-lo (Reprodução/TV Globo)

O Ministério Público e a Polícia Civil do Rio de Janeiro desencadearam na manhã desta quinta-feira (30) uma ação conjunta contra a milícia que age na região de Rio das Pedras, na zona oeste da capital fluminense, onde Fabrício Queiroz se escondeu quando estourou o caso de corrupção no gabinete de Flávio Bolsonaro na Assembleia Legislativa do Estado (Alerj).

A ação da polícia é baseada em conversas telefônicas entre Ronnie Lessa, acusado de matar Marielle Franco, e o policial civil Jorge Luiz Camillo Alves, que serve na 16ª DP (Barra).

“Ronnie Lessa, em vários trechos dos diálogos, se refere a ele como o ‘Amigo da 16’, numa referência à delegacia onde o mesmo está lotado”, diz o MP. A Barra é onde se localiza o condomínio Vivendas da Barra, em que Lessa foi preso. No mesmo condomínio, mora Jair e Carlos Bolsonaro.

Os promotores sustentam que a quadrilha é chefiada por Dalmir Pereira Barbosa, Paulo Eduardo da Silva Azevedo e Epaminondas Queiroz de Medeiros Júnior, o Capitão Queiroz.

A Justiça emitiu mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão contra 45 denunciados de pertencer a grupos paramilitares.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum