Polícia Federal investiga se assalto em Criciúma teve participação do PCC

"Tudo indica que é uma quadrilha bastante organizada, com grande poder de fogo", disse o delegado Vitor Bianco Junior

A Polícia Federal está investigando se o mega assalto que ocorreu em Criciúma, em Santa Catarina, na madrugada desta terça-feira (1º), teve participação de membros do PCC (Primeiro Comando da Capital).

De acordo com reportagem de Leonardo Martins e Luís Adorno, do UOL, a principal suspeita das autoridades é que integrantes da facção participaram do assalto, mas a ação não teria sido financiada pelo grupo.

“Não dá para dizer qual facção estaria envolvida. É um tipo de ação a qual nossa região não está habituada”, declarou o delegado titular da Delegacia Regional de Criciúma, Vitor Bianco Junior, em entrevista à GloboNews.

“Tudo indica que é uma quadrilha bastante organizada, com grande poder de fogo”, completou.

O assalto que tomou conta de Criciúma é uma cena que vem se repetindo em diversas cidades do interior do país. Criminosos agem em grupos grandes, usam carros de primeira linha, explosivos e armamentos pesados.

No caso da cidade de Santa Catarina, criminosos fugiram em comboio após o roubo e abandonaram dinheiro no local. Até então, nenhum participante do ataque foi preso.

A polícia encontrou nesta manhã 10 carros que teriam sido usados no assalto. Veículos de primeira linha foram apreendidos em um milharal de uma propriedade privada em Nova Veneza, a noroeste da cidade.

Avatar de Luisa Fragão

Luisa Fragão

Jornalista.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR