Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
24 de julho de 2018, 10h44

Polícia prende suspeito de estar no carro dos assassinos de Marielle e Anderson

Ação da Delegacia de Homicídios deteve outro homem por um crime em Guapimirim; objetivo da polícia é desmobilizar a quadrilha de Orlando da Curicica, suspeito de chefiar uma milícia

Alan de Morais Nogueira e Luis Cláudio Ferreira Barbosa foram presos pela polícia do Rio de Janeiro (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

O policial militar reformado Alan de Morais Nogueira, conhecido como Cachorro Louco, foi preso na manhã desta terça-feira (24) pela Delegacia de Homicídios do Rio de Janeiro (DH), acusado de ser um dos ocupantes do veículo em que estavam os assassinos da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes, segundo reportagem de Chico Otávio e Vera Araújo, de O Globo. A prisão ocorreu em função de outro caso.

Além dele, também foi detido o ex-bombeiro Luis Cláudio Ferreira Barbosa. Ambos são suspeitos de integrar a quadrilha de milicianos chefiada pelo ex-PM Orlando Oliveira de Araújo, o Orlando da Curicica.

Os dois foram presos por serem acusados da autoria dos homicídios de um PM e um ex-PM no sítio de Orlando, em Guapimirim, na Baixada Fluminense, em fevereiro de 2017, a mando do chefe da quadrilha de milicianos. Com essas novas prisões, a estratégia dos investigadores é desmobilizar o bando de Orlando da Curicica e, assim, resolver as mortes de Marielle e Anderson. Detido, Alan é peça importante na solução do caso, segundo avaliação da polícia.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum