Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
01 de novembro de 2019, 22h03

População do Rio vai às ruas para cobrar agilidade: quem mandou matar Marielle

Ato aconteceu nesta sexta-feira (1º) no centro da cidade, na Cinelândia, tradicional palco de manifestações e protestos

Foto: Reprodução/Twitter

Depois das notícias desta semana, em que o nome do presidente da República foi citado durante as investigações das mortes da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, manifestantes encheram as ruas da Cinelândia, do centro do Rio de Janeiro, para pedir celeridade no processo para saber quem foi o mandante dos crimes.

Estiveram no ato parlamentares do PSOL, partido de Marielle, como os deputados federais Marcelo Freixo e David Miranda, o editor do The Intercept Brasil, Glenn Greenwald, e a viúva de Marielle, Monica Benicio. Além de pedir o esclarecimento da morte, os manifestantes também criticavam as declarações do deputado federal Eduardo Bolsonaro sobre o AI5 e pediram sua cassação.

“Hoje ocupamos a Cinelândia para perguntar: Quem mandou matar Marielle? Não sairemos da rua até que essa pergunta seja respondida!”, postou Freixo em seu Twitter.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum