Fórumcast, o podcast da Fórum
22 de julho de 2019, 17h54

Produção industrial cai em junho e é a menor para o mês em quatro anos

Enquanto as previsões derrubam o PIB de 2019 para perto de 1%, a produção industrial brasileira segue em queda; alto índice de desemprego está entre os principais motivos, aponta a Confederação Nacional da Indústria

Foto: Agência Brasil

Levantamento divulgado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) nesta segunda-feira (22) aponta que a produção industrial brasileira registrou queda no mês de junho.

De acordo com a sondagem, realizada entre 1º e 11 de junho com 1.903 empresas, a evolução da produção industrial atingiu 43,4 pontos, bem abaixo dos 50,9 pontos registrados em maio. Trata-se do menor índice para o mês de junho em quatro anos.

“O índice costuma ficar abaixo dos 50 pontos no mês, ou seja, é esperada queda da produção nessa comparação. Contudo, o índice de junho de 2019 é o menor para o mês dos últimos quatro anos”, informou a CNI.

De acordo com a entidade, entre os principais motivos para a queda na produção industrial brasileira está o alto índice de desemprego. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mas de 13 milhões de brasileiros estão desempregados, subempregados ou desalentados.

O baixo desempenho do setor industrial no Brasil, além do índice de desemprego, vem acompanhado do aprofundamento da recessão econômica que assola o país. No início do mês, o governo, acompanhando as previsões do mercado, reduziu a projeção do Produto Interno Bruto (PIB) de 2019 de 1,6% para 0,81%.

 


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum