Protesto contra medidas restritivas atrasa chegada de oxigênio em Goiás; insumo chegou a 8 minutos para o fim do estoque

Veículo que transportava o oxigênio deveria chegar ao hospital em meia hora, mas levou mais de 3 horas por conta de bloqueio em rodovia provocado por protesto de negacionistas

Publicidade

O Hospital Municipal de Bela Vista, em Goiás, quase ficou sem oxigênio para tratar pacientes com Covid-19. Por conta de uma manifestação contra as medidas de restrição na cidade vizinha, a capital Goiânia, o veículo que transportava o insumo chegou atrasado à unidade de saúde, a apenas 8 minutos do fim dos cilindros que estavam sendo utilizados.

O caso aconteceu na última segunda-feira (15) mas veio à tona nesta quarta-feira (17) através de nota divulgada pela prefeitura de Bela Vista.

No hospital, 11 pacientes estavam internados na enfermaria necessitando do oxigênio em seus tratamentos. A manifestação de negacionistas, no entanto, bloqueou a BR 153, em Goiânia, e o trajeto da capital até Bela vista que deveria durar, no máximo, meia hora, levou mais de 3 horas.

Funcionários da unidade de saúde comemoraram o momento da chegada dos cilindros de oxigênio atrasados.

Assista.

Confira, abaixo, a nota da prefeitura da cidade sobre o caso.

A Secretaria Municipal de Saúde de Bela Vista de Goiás informa que, até o presente momento, a quantidade de oxigênio no Hospital Municipal Antônio Batista da Silva está atendendo à demanda apresentada, recebendo semanalmente o carregamento oriundo de Goiânia. Entretanto, nesta segunda-feira (15), o carregamento semanal de cilindros de oxigênio que estava a caminho do município ficou parado em virtude de protesto que estava sendo realizado na BR 153. Ao saber que o carregamento estava preso, servidores do hospital entraram em contato com municípios circunvizinhos, que enviaram cilindros até a chegada do carregamento que havia ficado parado. Para conseguir chegar ao município, foi preciso que o motorista trafegasse na contramão na BR, para escapar do protesto. O oxigênio chegou antes do fim dos cilindros que estavam sendo utilizados.

Avatar de Ivan Longo

Ivan Longo

Jornalista, editor de Política, desde 2014 na revista Fórum. Formado pela Faculdade Cásper Líbero (SP). Twitter @ivanlongo_

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR