Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
06 de janeiro de 2020, 16h10

PSL expulsa Eduardo Fauzi, suspeito por atentado ao Porta dos Fundos

Fauzi estava filiado ao partido que já foi de Jair Bolsonaro desde 2001 e está foragido na Rússia

Reprodução

O empresário Eduardo Fauzi, um dos cinco suspeitos de terem cometido o atentado contra a produtora do Porta dos Fundos, foi expulso do PSL na tarde desta segunda-feira (6).

Segundo Rayanderson Guerra, do jornal O Globo, o partido decidiu expulsar Fauzi, que integrava as fileiras da legenda desde 2001. Ele foi identificado por câmeras de segurança após retirar o capuz momentos depois do ataque, no dia 24 deste mês. Para identificá-lo, a polícia utilizou imagens de mais de 50 câmeras de segurança do bairro.

Fauzi possui mais de 15 registros criminais e está foragido na Rússia. No sábado, ele gravou um vídeo atacando o ex-presidente Lula, o líder do MTST, Guilherme Boulos, e o humorista Fábio Porchat. Ele ainda termina o vídeo com o “anauê”, saudação típica dos integralistas.

Em entrevista dada ao O Antagonista, o presidente nacional do partido, Luciano Bivar, afirmou que não cabe “nenhum sentimento radical” no PSL. “Vamos desfiliá-lo. No partido, não cabe nenhum sentimento radical. O PSL sempre foi um partido liberal. Já há uma mensagem para expulsá-lo. Na segunda-feira, devo fazer isso”, afirmou.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum