Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
28 de julho de 2019, 22h54

Quatro suspeitos são presos por roubo de 720 quilos de ouro do aeroporto de Guarulhos

Valor do material roubado é estimado em US$ 29 milhões

A Polícia Civil de São Paulo prendeu duas pessoas suspeitas de terem participado do roubo de 720 quilos de ouro do aeroporto de Guarulhos, na última quinta-feira (25).

O aeroviário Peterson Patrício, que trabalhava no terminal de cargas do aeroporto, foi preso na noite de sábado (27). Ele alegou que foi obrigado pelos criminosos a ajudar no roubo após ser mantido refém no dia anterior do assalto. Segundo informações da Folha, Patrício confessou que teve participação no crime.

Neste domingo (28), Peterson Brasil, que também é funcionário do aeroporto, teve sua prisão decretada. Ele estava detido no Departamento Estadual de Investigações Criminais por ser considerado um dos suspeitos.

Segundo imagens de segurança do aeroporto de Guarulhos, Patricio aparece após descer de uma caminhonete clonada da Polícia Federal e indicando aos outros assaltantes o local em que estava o ouro.

Já de acordo com o G1, outros dois homens também foram presos, mas seus nomes não foram divulgados. Segundo a matéria, os investigadores divulgaram que eles seriam donos de um estacionamento usado pelos assaltantes para estacionar os veículos utilizados no roubo.

De acordo com a Folha, a polícia conduziu as investigações tentando descobrir quais foram os funcionários do aeroporto que teriam vazado as informações como carga, dia e horário para os assaltantes.

Até o momento, nenhuma grama de ouro foi recuperada. O valor de toda a carga roubada chega a mais de US$ 29 milhões. De acordo com registro policial, os quilos de ouro estavam divididos entre 31 malotes para serem despachados para Nova York (cerca de 565,5 quilos de ouro) e para o Canadá (153,4).


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum