Copacabana Palace é multado em R$ 15 mil após promover aglomeração

Ao som de Gusttavo Lima, famosos se aglomeraram no Copacabana Palace para aniversário de bicheiro

O Hotel Copacabana Palace foi multado em R$ 15 mil e interditado para eventos por 10 dias. A punição se deu por conta de uma festa que aconteceu na noite dessa sexta-feira (14) e que reuniu famosos e 500 pessoas.

De acordo com informações do site Metrópoles, a festa era para comemorar o aniversário de Adilson Coutinho, um bicheiro do estado fluminense.

A Vigilância Sanitária constatou desobediência às medidas de contenção ao coronavírus e de proteção à vida estabelecidas na Resolução Conjunta SES/SMS-RJ 871/2021 e ao Decreto Rio 48845/2021.

A infração foi classificada como gravíssima pela Vigilância Sanitária e multa estipulada no valor de R$ 15.466, 81 e foi determinada a interdição para a realização de festas pelo período de 10 dias a partir deste sábado (15).

Ao som de Gusttavo Lima, famosos se aglomeram no Copacabana Palace para aniversário de bicheiro

O hotel Copacabana Palace (RJ) fechou todos os salões, na noite desta sexta-feira (14/5), para ser palco de uma festa black-tie, com direito a 500 convidados, entre famosos e anônimos, e vários shows concorridos, entre eles o de Gusttavo Lima, em comemoração ao aniversário do bicheiro Adilson Coutinho de Oliveira.

De acordo com informações do repórter Bruno Menezes, do Metrópoles, além de Gusttavo Lima, outra atração da noite era o cantor Alexandre Pires. Mumuzinho foi flagrado pela reportagem na porta do evento.

Os convidados, cuja lista foi preparada pela promoter Carol Sampaio, entravam pela porta dos fundos, na avenida Nossa Senhora de Copacabana, para fugir dos curiosos.

Antes das 22h, horário marcado para o início da festa, a aglomeração já acontecia. Em fila, os convidados esperavam para acessar o local.

Avatar de Marcelo Hailer

Marcelo Hailer

Jornalista (USJ), mestre em Comunicação e Semiótica (PUC-SP) e doutor em Ciências Socais (PUC-SP). Professor convidado do Cogeae/PUC e pesquisador do Núcleo Inanna de Pesquisas sobre Sexualidades, Feminismos, Gêneros e Diferenças (NIP-PUC-SP). É autor do livro “A construção da heternormatividade em personagens gays na televenovela” (Novas Edições Acadêmicas) e um dos autores de “O rosa, o azul e as mil cores do arco-íris: Gêneros, corpos e sexualidades na formação docente” (AnnaBlume).