Regina Casé faz vídeo emocionante sobre agressões de DJ Ivis: “show de horrores”

Apresentadora cita programa Central da Periferia, de 2006, onde mostrou o apitaço que as mulheres promoviam no Recife a cada vez que uma delas era agredida

A apresentadora e atriz Regina Casé fez um comentário contundente sobre as agressões do DJ Ivis à sua esposa, nesta quarta-feira (14), em sua conta do Instagram, segundo ela, um “show de horrores”.

Logo a seguir, Casé lembrou de um programa Central da Periferia, feito em 2006 no Recife. Na ocasião, as mulheres promoviam um “apitaço” a cada vez que ouviam uma delas sendo agredida.

Ela publicou ainda um vídeo com um texto onde relembra o programa:

As cenas hediondas que circularam nas redes essa semana me trouxeram de volta a força dessas mulheres. Assim como elas temos que continuar lutando incansavelmente pra que não se naturalize a violência contra a mulher.

É impressionante que até hoje isso aconteça, com a frequência, o tamanho e com a monstruosidade que vem acontecendo!

DENUNCIE! Salve a mulher!

Se tem alguém na sua vizinhança, no seu trabalho, que não consegue se abrir, mas que você supõe que esteja passando por isso, consiga sua confiança. Para que você possa ajudá-la a sair dessa situação.

Todos nós somos responsáveis por essa barbaridade!

Publicidade

Iverson de Souza Araújo, conhecido como DJ Ivis, foi preso, nesta quarta-feira (14), em Fortaleza (CE), depois do vazamento, nas redes sociais, de vídeos de agressões contra a ex-esposa, Pamella Holanda. O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), confirmou a prisão pelo Twitter.

“Acabo de ser informado pelo nosso secretário de Segurança da prisão do DJ Ivis, no caso das agressões a Pamella Holanda. A prisão preventiva havia sido solicitada ontem pela nossa Polícia Civil e decretada há pouco pela Justiça. Que responda pelo crime cometido”, postou Santana.

Publicidade

Vídeos gravados por câmera de segurança interna mostram o DJ agredindo Pamella na frente da filha e de outras duas pessoas: a mãe dela e um funcionário do produtor musical.

A digital influencer Pamella Holanda vai ser submetida a outro exame de corpo de delito, com o objetivo de definir a gravidade das lesões sofridas. A informação é de Tarso Facó, delegado adjunto do distrito que investiga o caso.

Chutes, socos e puxões de cabelo

Pamella postou vídeos que mostram ela sendo agredida com chutes, socos e puxões de cabelo. A digital influencer registrou boletim de ocorrência (BO), no dia 3 de julho, na delegacia da cidade de Eusébio, na Grande Fortaleza.

Até esta quarta (14), pelo menos dez pessoas já foram ouvidas pela polícia, que investiga o caso de lesão corporal no contexto de violência doméstica. A ocorrência é acompanhada pelo Departamento de Proteção aos Grupos Vulneráveis (DPGV) da Polícia Civil.

Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR