Regina Duarte é condenada e terá de se retratar por divulgar fake news contra Dona Marisa

A atriz deverá publicar em suas redes sociais “sinceros pedidos de desculpa à memória da falecida”, decretou o juiz da 12ª Vara Cível de Brasília

A atriz Regina Duarte foi condenada parcialmente, nesta segunda-feira (26), e terá de se retratar por divulgar fake news sobre Marisa Letícia Lula da Silva, a Dona Marisa, esposa do ex-presidente Lula, que morreu em 2017. A decisão, do juiz Manuel Eduardo Pedroso Barros, da 12ª Vara Cível de Brasília, cabe recurso, de acordo com a coluna de Ancelmo Gois, em O Globo.

O processo foi ajuizado por Lula e seus filhos em 2020, após a então secretária nacional de Cultura de Jair Bolsonaro publicar uma imagem no Instagram, dizendo que foram encontrados R$ 256 milhões em uma conta de Dona Marisa. No entanto, o valor correto era de R$ 26.281,74.

O juiz concordou que Regina “propalou fake news a respeito do patrimônio da falecida Marisa Letícia”, mas que foi “induzida a erro” pelo valor errado ter sido informado pela Justiça. Contudo, Pedroso Barros considerou que existe necessidade de retratação em função da relevância do tema.

Pedidos de desculpa

“Assim, deverá a ré ser condenada a publicar, em sua conta no Instagram ou, na hipótese de a conta estar cancelada, em meio virtual similar, a integralidade da presente sentença, com sinceros pedidos de desculpa à memória da falecida”, decretou o juiz.

Em caso de não cumprimento, Regina estará sujeita à multa que varia entre R$ 150 e R$ 50 mil.

Avatar de Lucas Vasques

Lucas Vasques

Jornalista e redator da Revista Fórum.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR