Fórumcast #20
13 de julho de 2017, 15h22

Relator diz que derrota na CCJ ocorrerá por troca de deputados e liberação de dinheiro de emendas

Relator da denúncia contra o presidente Michel Temer, Sérgio Zveiter (PMDB-RJ), diz que derrota de seu relatório na CCJ da Câmara ocorrerá de maneira artificial, pela troca de mais de 20 membros da comissão e liberação de dinheiro de emendas parlamentares, mas que o que vale é a votação final no plenário

 

Por Redação*   Foto:Marcelo Camargo/Agência Brasil

 

Sérgio Zveiter, relator que apresentou voto favorável ao encaminhamento da denúncia contra o presidente Michel Temer por corrupção passiva, afirmou na sessão de hoje da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, CCJ, que seu parecer deve ser derrotado nesta tarde por conta da troca de mais de 20 deputados e a liberação de dinheiro para emendas parlamentares.

“A derrota que se afigura hoje aqui é uma derrota que foi montada artificialmente. Uma derrota aqui não vai ser do parecer, vai ser a derrota do povo brasileiro que quer uma política limpa, honesta, correta, que repudia que deputados eleitos livremente pelo voto se submetam as manobras de oferecimento de emendas parlamentares e cargos”, declarou.

Veja também:  Ministros do STF já tratam como "crimes" revelações feitas pela Vaza Jato

O relator falou após o encerramento dos debates na CCJ, em que mais de 90 deputados discursaram com argumentos favoráveis ou contrários ao parecer. Zveiter fez declarações de forma enfática e reafirmou seus argumentos a favor da autorização para que a denúncia seja investigada pelo STF.  O relator reiterou, que a denúncia da PGR apresenta indícios “seríssimos” contra o presidente e que, por isso, deveria ser autorizada a investigação pelo STF.

*Com informações da Agência Brasil

 

 


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum