Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
03 de março de 2018, 19h09

Frase “tem um monte de boiola no meu grupo” teria levado diretor do Santander à demissão

"Tolerância zero" teve como razão a forma desrespeitosa com que o diretor se referiu a colegas de trabalho

Em reunião do Grupo Mulheres do Brasil, rede presidida pela empresária Luiza Trajano, o CEO do Santander, Sergio Rial, contou que demitiu um diretor que fez uma “piada” homofóbica.

“Um diretor numa reunião na área de banco de investimentos virou para mim e disse: aqui não tem problema de diversidade, tem um monte de boiola [termo pejorativo para designar homens homossexuais] no meu grupo. Obviamente que hoje esse diretor está convivendo fora do banco”, disse o executivo. Segundo ele, a “tolerância zero” teve como razão a forma desrespeitosa com que o diretor se referiu a colegas de trabalho.

Rial falou sobre a demissão na última quinta-feira (1º) para centenas de funcionárias do banco em encontro que fez parte das atividades do 8 de Março, o Dia Internacional da Mulher.

Nas redes sociais, a declaração de Rial foi bem recebida por vários internautas. “Tempos de mudança e de esperança. Respeito é a base de tudo na vida, inclusive nas instituições”, disse Ricardo Kaminskas. “Boa leitura para aqueles que não e/ou não as naturais do mundo”, afirmou Brum Lauro.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum