Fórumcast, o podcast da Fórum
20 de maio de 2019, 14h43

Secretário de Meio Ambiente de Minas afirma que paredão de mina da Vale vai desabar

“Há uma questão imponderável se esse rompimento do talude na cava, se ele vai afetar a barragem. Isso não é possível precisar”, declarou Germano Vieira

Foto: Ricardo Stuckert

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), e o secretário de Meio Ambiente do estado, Germano Vieira, admitiram que existe risco iminente de um novo acidente em barragem da mineradora Vale.

“O rompimento do talude (terreno inclinado, rampa ou paredão, que serve para garantir estabilidade de aterro) vai acontecer. Há uma questão imponderável se esse rompimento do talude na cava, se ele vai afetar a barragem. Isso não é possível precisar. Adianto para vocês que o consultor desta auditoria independente, que é uma empresa estrangeira, registrou que esta chance é de uma em dez ou uma em oito. O que levaria de 10% a 15% de probabilidade”, disse Vieira.

Zema declarou que o estado vive “o pior momento”, ao se referir à situação de tensão em Barão de Cocais. Ambos participaram da abertura do evento de lançamento de um plano de capacitação de agentes públicos para ações de segurança de barragens.

“Eu diria que o momento que nós estamos vivendo, neste pós-Brumadinho, é o pior possível. Todos aqui sabem, já vivenciaram isso, que pior do que um fato ruim é a possibilidade de um fato ruim acontecer. Nós, seres humanos, simplesmente não sabemos viver com incerteza. Isso nos causa uma angústia enorme”, destacou.

Crime

Ao mencionar “pós-Brumadinho”, Zema se referiu ao verdadeiro crime, que foi o rompimento da barragem 1 de Mina Córrego do Feijão, também da Vale, que aconteceu no dia 25 de janeiro deste ano na Região Metropolitana de Belo Horizonte. No total, 241 corpos já foram identificados, e o Corpo de Bombeiros mantém as buscas por mais 29 pessoas consideradas desaparecidas.

A Defesa Civil do estado realizou dois treinamentos com a população de Barão de Cocais em simulações de alertas que serão emitidos, caso haja o rompimento da barragem. Segundo o chefe do Gabinete Militar e coordenador da Defesa Civil de Minas, coronel Evandro Borges, há 600 barragens em Minas, sendo 400 ligadas à mineração.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum