No rastro do crime ambiental nas praias do Nordeste
11 de dezembro de 2017, 15h39

Sete anos depois, volta a bombar nas redes uma entrevista histórica de Pedro Cardoso

No trecho que está circulando nas redes sociais esta semana, o ator, em entrevista à Lázaro Ramos, fala como a escravidão e o genocídio indígena no Brasil contribuíram para o pensamento pequeno-burguês brasileiro com relação ao trabalho em nossa sociedade. Entrevista rendeu tanto que teve que ser dividida em dois episódios. Relembre

Por Redação

O ator Pedro Cardoso, depois de anos morando em Portugal, voltou ao Brasil para lançar seu primeiro romance, “O livro dos títulos”, e ganhou destaque recentemente no noticiário nacional ao tecer críticas ferrenhas ao governo Temer, à reforma trabalhista, ao declarar apoio aos grevistas da EBC ou ainda dizer que votaria em Lula em 2018.

Aproveitando o momento, o Canal Brasil divulgou essa semana a íntegra de uma entrevista feita com o ator em 2010 no programa “Espelho”, apresentado por Lázaro Ramos. A conversa, que já foi destaque na época, voltou a circular com força com a nova divulgação. O papo entre Lázaro e Pedro rendeu tanto que, pela primeira vez, uma entrevista do programa foi dividida em duas partes.

No trecho que voltou a bombar na internet, Pedro Cardoso faz uma análise do pensamento pequeno-burguês brasileiro que deixa de valorizar o trabalho e o ser humano para valorizar os bens materiais. Isso, de acordo com o ator, é herança de uma sociedade que se desenvolveu em meio à escravidão e ao genocídio da população indígena.

Assista.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum