Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
23 de fevereiro de 2020, 08h27

STJ condena Ratinho a pagar R$ 150 mil a família humilhada em seu programa

Justiça considerou que o apresentador expôs a família a uma situação vexatória, ao sujeitar filha de 14 anos a um interrogatório do repórter e a ofensas da plateia do seu programa

Foto: Reprodução/SBT

O apresentador Carlos Massa, mais conhecido como Ratinho, foi condenado pela 4ª Turma do STJ (Supremo Tribunal de Justiça) a pagar uma indenização de R$ 150 mil a uma família de São Paulo, que foi usada no programa de forma sensacionalista e humilhante.

No programa, o repórter do Ratinho queria questionar o pai sobre a venda de uma rifa envolvida em um suposto estelionato. Para isso, ele forçou sua entrada na casa, onde estava somente a filha do procurado, de 14 anos, o namorado e uma criança de 2 anos de idade. Mesmo sem presença dos pais, o repórter insistiu em entrevistas a menor, que estava em pijamas.

Além disso, o interrogatório do repórter à garota aconteceu em um link ao vivo com o estúdio, onde Ratinho “estimulou o constrangimento público imposto à família”, segundo a Justiça, atiçando a plateia, e só cortou a transmissão do repórter ao saber a idade da entrevistada.

Apesar da alegação da defesa de que Ratinho não participou da escolha da pauta nem orientou o repórter, a relatora do caso, ministra Isabel Gallotti, considerou que o apresentador é sim, responsável pela “exposição da família, de uma forma vexatória e sensacionalista”.

A partir dessa orientação, o STJ decidiu, por maioria de votos, manter a sentença que o apresentador já tinha recebido em segunda instância.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum