PERSEGUIÇÃO POLÍTICA

Prefeito de São Sebastião retaliou Vila Sahy por ter dado maioria dos votos a Lula, diz jornalista

Comunidades dos bairros pobres vivem em constante conflito com o prefeito Felipe Augusto, acusado de perseguição por motivação ideológica

Prefeito de São Sebastião retaliou Vila Sahy por ter dado maioria dos votos a Lula, diz jornalista.Créditos: Reprodução/ redes sociais
Escrito en BRASIL el

Em entrevista ao Fórum Café desta quinta-feira (23), o jornalista e advogado André Zanardo, do Justificando, fez algumas revelações sobre a gestão do prefeito de São Sebastião, Felipe Augusto (PSDB), e sua relação com os bairros pobres do município que, segundo Zanardo, é de constante conflito. 

“É uma gestão que a população tenta conversar. São muitas promessas. Eu já participei de inúmeras reuniões ali (São Sebastião). Posso dizer que já me sentei com esse prefeito algumas vezes e não vi nada acontecer. Nenhuma das promessas aconteceram. Nesse momento se torna ainda mais relevante. Teve operação da Polícia Federal (PF), que incluiu uma investigação em cima do prefeito. São atores ali que precisam ser muito bem observados”, diz Zanardo. 

Em seguida, André Zanardo fala sobre distribuição desigual do dinheiro arrecadado na cidade. “É sim uma cidade rica, mas ela não tem uma distribuição correta desses recursos. São inúmeros problemas de corrupção. Inclusive relativo à Covid, com hospitais de campanha... ou seja, em momentos de crise, em momento que você tem a possibilidade de ter um recurso agilizado por uma situação de crise, como é esse momento, esses recursos acabam podendo ser desviados de forma mais fácil”, alerta. 

Em agosto de 2021, o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) realizou uma operação de busca e apreensão na prefeitura de São Sebastião, em órgãos ligados à administração e na casa do prefeito Felipe Augusto (PSDB). As investigações apontam para irregularidades nas contratações de produtos e serviços no combate à pandemia da Covid-19. 

À época da operação, o prefeito de São Sebastião, Felipe Augusto, declarou que "não tina qualquer envolvimento em atos de irregularidades" e que era o primeiro interessado em saber do desfecho da investigação.

Apesar do contexto histórico negativo da gestão municipal de São Sebastião, André Zanardo vê com bons olhos a aproximação entre as gestões federal, estadual e municipal em torno da tragédia climática no município do litoral norte paulista.  

"Eu vejo com bons olhos essa união do governo federal, do governo estadual e da prefeitura. Mas, principalmente, eu acho que tem um papel crucial o nosso, enquanto jornalista estarmos de olho no que está acontecendo na gestão estadual e municipal, porque esses recursos vão ser liberados, mas a gente não sabe o quanto disso vai realmente chegar na população. E agora, São Sebastião se tornou uma pauta nacional, o que é muito bom", destaca Zanardo.

 


Perseguição política 

 


A tragédia climática de São Sebastião alçou a cidade para a pauta nacional. Para o jornalista André Zanardo isso é algo positivo, pois, o prefeito Felipe Augusto deixou de atender algumas regiões pelo fato delas terem dado a maioria dos votos ao então candidato Lula (PT). O prefeito apoiou o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) na eleição presidencial de 2022.  

“Na última eleição a gente teve uma média de 80% dos votos da Vila Sahy dados para o presidente Lula (PT).  A gente está falando de um governo municipal que é acusado inúmeras vezes de retaliação à comunidade que não o apoia”, diz Zanardo. 

Posteriormente, Zanardo revela a história de outra comunidade caiçara que foi retaliada pelo prefeito de São Sebastião, Felipe Augusto. 

“Tem uma ilha perto da Barra do Sahy e de Juquehy, que chama Montão de Trigo, que tem uma comunidade caiçara com grandes famílias, uma comunidade pescadora muito antiga. Nessas semanas que passaram há o relato de um episódio de helicópteros que entraram para fazer a instalação de uma antena que, de alguma forma tinha ligação com a rádio do prefeito e eles denunciaram ao Ministério Público, que foi lá e não deixou que aquela obra acontecesse”, conta Zanardo. 

Segundo informações do Tamoios News, em outubro de 2021 o prefeito Felipe Augusto comprou uma emissora de rádio. De acordo com levantamento do portal, trata-se da Rádio Band Vale Litoral. À época do negócio, nem a Band Vale nem o prefeito se pronunciaram sobre o negócio.

Após a ação do MP, Felipe Augusto retaliou a comunidade caiçara que denunciou a antena ilegal. “Imediatamente a prefeitura mandou fazer uma investigação em todo o comércio, em todas as instalações de uma população que é muito pobre e obviamente que, uma população pobre não vai ter tudo regularizado, é obrigação da prefeitura ajudar essas pessoas a regularizarem. O que a prefeitura fez? Saiu multando a população. Isso é muto recorrente ali [São Sebastião]. E a Vila Sahy não teve o olhar dessa prefeitura, que não estava preocupada com essa população e normalmente eles são retaliados”, revela Zanardo.  

 

Confira abaixo a íntegra da entrevista com André Zanardo: