No rastro do crime ambiental nas praias do Nordeste
20 de outubro de 2017, 12h56

Tiroteio deixa dois mortos em escola particular de Goiânia

Informações iniciais dão conta de que mais cinco pessoas ficaram feridas; suspeito pelos disparos é um estudante, filho de militares.

Informações iniciais dão conta de que mais cinco pessoas ficaram feridas; suspeito pelos disparos é um estudante, filho de militares.

Da Redação*

De acordo com informações preliminares, há dois mortos e cinco feridos depois de um tiroteio que ocorreu nesta sexta-feira (20), no Colégio Goyases, escola particular de ensino infantil e fundamental, no Conjunto Riviera, em Goiânia. Segundo o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), o suspeito pelos disparos é um estudante filho de militares, que está apreendido.

Os baleados foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros. Segundo o órgão, um dos feridos foi atendido pelo Grupo de Radiopatrulha Aérea (Graer) da Polícia Militar e levado para o Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo). Outros quatro, segundo a corporação, foram levados a unidades de saúde por terceiros.

O Corpo de Bombeiros relatou ainda que uma mulher ligou no 193, se identificando como professora, e disse que uma pessoa invadiu a escola e fez diversos disparos.

*Com informações do G1

 Foto: Reprodução/TV Anhanguera

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum