Turistas suíços baleados no Rio receberam orientação de GPS para entrar em comunidade

Rudolf Wyss, cônsul geral da Suíça no Rio de Janeiro, afirmou que está em contato com as autoridades brasileiras e "prestando o necessário suporte às vítimas

O casal de turistas suíços que teve o carro atingido por um tiro na Zona Norte do Rio de Janeiro no domingo (29) confirmou que seguiu orientação do GPS do carro para entrar na comunidade Cidade Alta. Segundo Miranda Pia Regazzoni, 64, o casal não chegou a adentrar a comunidade.

Miranda prestou depoimento à polícia nesta segunda-feira (30) e disse que o GPS sugeriu a rota por dentro da comunidade para cortar caminho e evitar engarrafamento na Avenida Brasil.

O carro do casal teria sido abordado por um carro vermelho com homens armados que dispararam tiros, dos quais um acertou Michele Angelo Galli, de 73 anos. Na tentativa de fuga, o carro bateu na mureta de uma empresa, já na Avenida. O casal foi socorrido por policiais militares e levado ao hospital.

Michele foi baleado no tórax e segue internado em estado grave, no Hospital estadual Getúlio Vargas. Miranda foi atingida por estilhaços e já teve alta após atendimento no Hospital.

Na manhã desta segunda-feira, a Polícia Militar organizou uma operação na comunidade para buscar os responsáveis pelos tiros. Um suspeito foi preso e os policiais apreenderam armas, dois rádios comunicadores e drogas.

Rudolf Wyss, cônsul geral da Suíça no Rio de Janeiro, afirmou que está em contato com as autoridades brasileiras e “prestando o necessário suporte às vítimas. Devido à proteção de dados pessoais, não podem ser fornecidas outras informações”.

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR