terça-feira, 27 out 2020
Publicidade

Urgente: Arquipélago de Abrolhos recebe primeiras manchas de óleo e está ameaçado

Por Wilfred Gadêlha

O que se temia, aconteceu: começaram a chegar as primeiras manchas de óleo ao Parque Nacional Marinho de Abrolhos, no sul da Bahia. Eram 11h40 da manhã deste sábado (2) quando o comando da Capitania dos Portos de Porto Seguro comunicou o fato a um grupo de WhatsApp criado para articular uma reação à maré negra que toma conta das praias do Nordeste desde o final de agosto. A primeira localidade a ser atingida é a Ilha de Santa Bárbara, uma das cinco que compõem o arquipélago, a primeira unidade de conservação marinha, criada em 1983.

Pescadores e donos de embarcações foram convocados para defender Abrolhos. Foto: Divulgaçao/SOS Abrolhos.

Nesse momento, está se fazendo uma mobilização para que todos as embarcações, sejam pesqueira, sejam de outra natureza, se dirijam para o local, a cerca de 70 km da costa, à altura da cidade de Caravelas. Navios da Marinha e da Petrobras estão na área, na tentativa de impedir que o óleo se alastre, causando danos irreversíveis ao ecosssistema.

De acordo com ativistas do grupo SOS Abrolhos, que criaram toda uma rede de monitoramento da região, com a ajuda de pescadores e outros membros da comunidade, a Marinha convocou os voluntários para seguirem para o arquipélago para atuar na Ilha de Santa Bárbara. O local é para onde as baleias-jubarte migram em busca de águas calmas para o acasalamento. Além disso, outras 1.300 espécies, muitas delas em extinção, vivem na área de Abrolhos, que tem 913 quilômetros quadrados sob proteção.

A ativista Cláudia dos Santos, integrante do Coletivo SOS Abrolhos, lembra que a chegada do óleo ao parque tem as digitais do governo federal. “É inadmissível que o governo não tenha feito nada para impedir esse desastre, não estar acompanhando tudo de perto e não ter dado apoio aos governadores do Nordeste”, critica ela

Vídeos feitos pelos pescadores de Abrolhos.

*Wilfred Gadêlha é jornalista, formado pela Universidade Federal de Pernambuco

 

 

 

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.