#Fórumcast, o podcast da Fórum
23 de setembro de 2019, 15h20

“Usuários de drogas ajudaram a apertar o gatilho”, diz Witzel sobre assassinato de Agatha

Witzel voltou a repetir o discurso que já utiliza amplamente em seu governo e alegou que pessoas que "fumam maconha e cheiram cocaína" são diretamente responsáveis pela tragédia

O governador do RJ, Wilson Witzel (Foto: Reprodução)

Depois de culpar o confronto com crime organizado pelo assassinato da menina Agatha Félix, de 8 anos, o governador Wilson Witzel voltou a repetir o discurso que já utiliza amplamente em seu governo e alegou que pessoas que “fumam maconha e cheiram cocaína” são diretamente responsáveis pela tragédia. Pronunciamento foi feito nesta segunda-feira (23) durante coletiva de imprensa, no Rio.

“Nossa política de segurança pública está correta. Quem não está de acordo, que saia”, acrescentou o governador, certo de que a operação policial que atirou com um fuzil atirou nas costas de Agatha foi “exitosa”. Familiares de Agatha, no entanto, reforçam a versão de que não existia confronto no momento do disparo e que se tratava de “policiamento de rotina”.

Witzel aproveitou a coletiva para mandar recado a quem ele diz estar fazendo “palanque eleitoral” com o caso para diminuir seu governo. O governador pediu que a oposição não faça disso um “ato de escárnio à sociedade, para que o país continue avançando”, mostrando temer a exploração política do caso. “Tenho certeza que estamos no caminho certo”, acrescentou.

O coronel da Polícia Militar do Rio, Rogério Figueiredo, disse na coletiva que o caso de Agatha se trata de um ato isolado e que as autoridades deverão investigar o ocorrido. No entanto, Agatha é a quinta criança assassinada em operação policial no Rio de Janeiro só neste ano. Ainda, de acordo com a plataforma Fogo Cruzado, outras 14 foram baleadas na região metropolitana do Rio durante o governo Witzel.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum