Entrevista exclusiva com Lula
28 de novembro de 2019, 22h23

Veja o momento em que brigadistas de Alter do Chão são libertados

Os quatro ativistas deixaram a prisão sob gritos de "Amazônia viva!"; assista

Foto: Reprodução/YouTube

Sob gritos de “Amazônia viva”, deixaram a prisão nesta quinta-feira (28) os quatro voluntários da Brigada de Alter do Chão, que foram presos sob acusação de iniciar incêndio na Amazônia que eles mesmos apagaram.

Daniel Gutierrez Govino, João Victor Pereira Romano, Gustavo de Almeida Fernandes e Marcelo Aron Cwerner foram presos preventivamente na terça-feira (26), por decisão do juiz Alexandre Rizzi, sob orientação da Polícia Civil. Criticado por diversas organizações e contestado pela defesa dos acusados, Rizzi voltou atrás e determinou a soltura do grupo.

Não é sócio Fórum? Quer ganhar 3 livros? Então clica aqui.

Todos teriam testemunhas para provar os seus paradeiros na hora em que o fogo começou. Um deles estava em um barco que participava da procissão do Sairé (festa típica da região), outro estava num outro barco com turistas em um dos afluente do Tapajós, o terceiro, em um voo comercial vindo de Santarém e o quarto cuidava de um familiar idoso que estava acamado.

O governador do Pará, Hélder Barbalho (MDB), havia anunciado nesta quinta (28) que decidiu destituir o delegado que presidia o inquérito da prisão preventiva dos quatro brigadistas, José Humberto de Melo, para nomear Waldir Freire Cardoso como responsável pelo caso. A decisão influiu na mudança de postura do juiz, que depois disso determinou apenas a aplicação de medidas cautelares contra os ambientalistas.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum