Vídeo: Bolsonarista, dono de restaurante espanca crianças negras que vendiam balas em Campina Grande

Luiz Manuel Medeiros Costa, dono do restaurante Malibu, chegou a ser preso, prestou depoimento e vai responder por lesão corporal. Um dos meninos ficou com a orelhada lesionada

O empresário bolsonarista Luiz Manuel Medeiros Costa, de 60 anos, foi preso em flagrante nesta segunda-feira (21) em Campina Grande após espancar dois garotos negros que vendiam balas a clientes de seu restaurante, Malibu, em Campina Grande, na Paraíba.

Um dos meninos ficou com a orelha inchada por causa das agressões sofridas. Eles contaram às pessoas que estavam próximos o que havia ocorrido e a população revoltada chamou a polícia e protestou em frente ao restaurante.

O jornalista Heleno Lima registrou a abordagem policial e a revolta da população em seu site.

Costa prestou depoimento e foi liberado para responder em liberdade após ser feito um TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência), no qual consta o crime de lesão corporal. Ele vai responder a processo.

O menino que teve a orelha lesionada passou por exame de corpo de delito no IPC (Instituto de Polícia Científica), e, depois levado para a Central de Flagrantes, onde foi entregue ao pai.

Bolsonaro
Nas redes sociais, Luiz Medeiros faz parte de grupos de apoio, compartilha tuítes e não esconde sua simpatia pelo presidente Jair Bolsonaro.

Uma das publicações compartilhadas pelo empresário é de uma festa organizada pela primeira-dama, Michelle Bolsonaro, para crianças de projetos sociais, boa parte delas negras.

Medeiros também compartilhou um vídeo de em que Bolsonaro diz que Campina Grande é a “melhor cidade do Brasil”.

Avatar de Plinio Teodoro

Plinio Teodoro

Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR